Destaque CCJ

10º PRÊMIO CINECLUBE JACAREÍ - CORVO DE GESSO 2017



FINAL DAS INSCRIÇÕES: 20 DE JULHO DE 2017

FAÇA SUA INSCRIÇÃO CLICANDO NOS LINKS ABAIXO:

FICHA DE INSCRIÇÃO (Clique Aqui)

REGULAMENTO (Clique Aqui)


-CURTA E SIGA O CINECLUBE JACAREÍ E CORVO DE GESSO NAS REDES SOCIAIS:

https://www.facebook.com/CineclubeJacarei/

https://www.facebook.com/CorvoDeGesso/

https://www.youtube.com/user/cineclubejacarei


-Saiba sobre o Cineclube Jacareí

cineclubejacarei@gmail.com

O projeto Cineclube Jacareí existe desde 2007. Com cinco anos de existência, tem uma missão nesta cidade. O dever de repartir com as pessoas o desejo de ver, informar-se e aprender sobre filmes e o cinema.

O inovador projeto Cineclube Jacareí atinge esse ano mais de cento e oitenta sessões do "Cinema de 5ª". Mostrando filmes independentes de cineastas locais e do Brasil. Preparou e entregou mais de cinqüenta estatuetas nas edições do anual "Prêmio Corvo de Gesso". Além de ter produzido centenas de filmes através da "Corvo Produções".

O projeto Cineclube Jacareí é pioneiro na região do Vale do Paraíba. Único grupo de trabalho que realiza a tríplice função no movimento audiovisual: produzir, exibir e premiar os filmes amadores, independentes e feitos em casa. Continuaremos a desfrutar dessa arte.



8 de dez de 2012

188ª Exibição - 15 de novembro de 2012

Na penúltima sessão de 2012 do CINEMA DE 5ª, teve componente do CINECLUBE JACAREÍ, fazendo aniversário – Adriano Pinheiro, assoprando velinhas nesta noite,  recebendo presentes e cumprimentos das pessoas e depois intermediando o debate. Após a apresentação fervorosa de Níkolas Araújo, abriram-se as cortinas para as produções na tela. 

Iniciou-se com “Morói” (Dir. Fritz Martiliano), o curta-metragem mais longo desta sessão, tem a participação da musa do cinema independente – Elaine Trash, encenando uma mulher a caça de mais uma presa para atender seus desejos e caprichos, numa madrugada de lua cheia. Na versão cinema mudo e fotografia em preto & branco (inclusive caprichosamente trabalhada), temos um desenrolar de forma sensual e terminando num desfecho inesperadamente macabro!

“Terapia” (Dir. Elias Pacheco), tem um lado trágico e cômico das terapias psicológicas. Um filme com duração de 1 minuto, concorrente na categoria “No Ar”, destaca mais uma vez o estilo estranho e sombrio deste diretor meio insano de Lençóis Paulista. 

“A Rockless Road To Guararema” (Dir. Níkolas Araújo), obra concorrente na categoria “Celular”, tem na trilha sonora o grupo musical famoso irlandês – “The Dubliners” (com certeza faz sucesso em Jacktown), mostrando o trecho do caminho de ônibus para chegar a Guararema (a maioria dos presentes falou que gostou da trilha musical). 

Fechando a coletânea de curtas-metragens da noite – “Trilhos”, é mais um filme celular do diretor Níkolas Araújo. Vídeo denúncia para mostrar os vidros sujos dos vagões, sinal do descaso e mau serviço da empresa CPTM, em vários trechos de sua linha. Nada atraente para o público da sala; este foi mais um pra cumprir tabela, ou seja, para fazer número na inscrição deste ano. 

Atendendo a pedidos, o longa-metragem deste feriadão, foi “The Goonies” (Dir. Richard Donner), e com participação na produção, nada mais, nada menos que Steven Spielberg e Chris Columbus no roteiro. Este último ficou famoso por ser diretor e produtor das séries – Esqueceram de Mim 1 e 2, Harry Portter (os dois primeiros episódios) e Percy Jackson. Produzido pelos feras acima citados, em 1985, esta película acabou se tornando um “clássico pipoca”, atravessando décadas e gerações, tornando-se muito conhecido pelo público e sendo motivo de render ao longo destes anos, digamos, várias reprises na “Sessão da Tarde”.

O filme conta a história da molecada – Mickey, Brand, Bocão (Mouth), Dado (Data) e Bolão (Chunk). Eles partem para a aventura de suas vidas depois de encontrarem o mapa do tesouro do pirata Willy Caolho, mas antes de atravessarem por passagens subterrâneas e traiçoeiras armadilhas, como se não bastasse, terão que enfrentar uma família de bandidos chamados “Os Fratelli”, além de depararem com um monstro que depois acaba se tornando um aliado da patota. Foi um estrondoso sucesso na época, contando com a participação da cantora pop Cyndi Lauper, cantando a musica-tema – “The Goonies 'R' Good Enough" (tocada nas rádios especialistas em “flash back” até hoje). 

"Os Goonies" é considerado pelos críticos, um tesouro do cinema, de ação empolgante, e com sua pureza, é uma clássica aventura familiar do início ao fim, uma mega-produção, com efeitos deslumbrantes e calafrios de arrasar – e segundo os espectadores no debate, todos foram unânimes e similares em seus comentários também nestes quesitos, acreditando-se que em tempos que fala-se muito em bullings, internet e pedofilia, assuntos mais abordados atualmente, no campo infanto-juvenil, a mídia e a educação de nossos dias, esquece de ensinar as crianças de hoje a valorizar as questões da amizade, do companheirismo e da solidariedade, itens muito importantes ao crescimento pessoal para cada uma delas, e com isso, a aprenderem a se tornar adultos saudáveis e altamente úteis pra sociedade, e este filme destaca tudo isso.

Esta obra revelou para o cinema os atores teens – Josh Brolin (Onde Os Fracos Não Tem Vez/Homens de Preto 3) e Sean Astin (O Senhor dos Anéis 1, 2 e 3) e em início de carreira – Joe Pantoliano (Matrix/Os Bad Boys I e II). 

Os ganhadores dos chaveiros cedidos pela Freestyle Games foram: Lígia Maria de Oliveira Pinheiro, Terezinha S. Burgomeister, Marco Antonio Diniz de Souza, Chico Nogueira e Tamiris Souza Moura. Valeu Pessoal!