Destaque CCJ

10º PRÊMIO CINECLUBE JACAREÍ - CORVO DE GESSO 2017



FINAL DAS INSCRIÇÕES: 20 DE JULHO DE 2017

FAÇA SUA INSCRIÇÃO CLICANDO NOS LINKS ABAIXO:

FICHA DE INSCRIÇÃO (Clique Aqui)

REGULAMENTO (Clique Aqui)


-CURTA E SIGA O CINECLUBE JACAREÍ E CORVO DE GESSO NAS REDES SOCIAIS:

https://www.facebook.com/CineclubeJacarei/

https://www.facebook.com/CorvoDeGesso/

https://www.youtube.com/user/cineclubejacarei


-Saiba sobre o Cineclube Jacareí

cineclubejacarei@gmail.com

O projeto Cineclube Jacareí existe desde 2007. Com cinco anos de existência, tem uma missão nesta cidade. O dever de repartir com as pessoas o desejo de ver, informar-se e aprender sobre filmes e o cinema.

O inovador projeto Cineclube Jacareí atinge esse ano mais de cento e oitenta sessões do "Cinema de 5ª". Mostrando filmes independentes de cineastas locais e do Brasil. Preparou e entregou mais de cinqüenta estatuetas nas edições do anual "Prêmio Corvo de Gesso". Além de ter produzido centenas de filmes através da "Corvo Produções".

O projeto Cineclube Jacareí é pioneiro na região do Vale do Paraíba. Único grupo de trabalho que realiza a tríplice função no movimento audiovisual: produzir, exibir e premiar os filmes amadores, independentes e feitos em casa. Continuaremos a desfrutar dessa arte.



19 de ago de 2012

Cineclube Jacareí conversa no rádio sobre cinema

Membros do Cineclube Jacareí foram convidados para falar sobre o crescente movimento audiovisual na região e respondem sobre o histórico do projeto, o fomento à prática de gravar filmes caseiros e o Prêmio Corvo de Gesso. Que reconhece os principais trabalhos exibidos no Cinema de 5ª.

O encontro foi com o jornalista Rocha Alencar, da Rádio Singão FM, em Santa Isabel (SP). Durante o programa “Entrevista de Segunda” falou-se do cinema a partir dos exemplos internacionais e nacionais até chegar ao modelo de ações regionais defendidas pelo nosso projeto no âmbito que envolve a premiação, produção e exibição de obras cinematográficas.

O Cineclube Jacareí recebeu a oportunidade de poder dividir com os ouvintes da emissora como acontece essa tríplice função – produzir, exibir e premiar – que o projeto preserva no seu quinto ano de existência. Exemplificou-se os passos iniciais que consideramos necessário para fomento da indústria cinematográfica local.

Dentre as curiosidades do projeto extraídas na entrevista, foi destacado o modelo de organização que não tem fins lucrativos e também está fora dos recursos previstos nas leis de incentivo a cultura. É um trabalho sustentado pelo talento e vocação das pessoas amadoras envolvidas, mas que usam a postura profissional para trabalhar este empreendimento.