Destaque CCJ

10º PRÊMIO CINECLUBE JACAREÍ - CORVO DE GESSO 2017



FINAL DAS INSCRIÇÕES: 20 DE JULHO DE 2017

FAÇA SUA INSCRIÇÃO CLICANDO NOS LINKS ABAIXO:

FICHA DE INSCRIÇÃO (Clique Aqui)

REGULAMENTO (Clique Aqui)


-CURTA E SIGA O CINECLUBE JACAREÍ E CORVO DE GESSO NAS REDES SOCIAIS:

https://www.facebook.com/CineclubeJacarei/

https://www.facebook.com/CorvoDeGesso/

https://www.youtube.com/user/cineclubejacarei


-Saiba sobre o Cineclube Jacareí

cineclubejacarei@gmail.com

O projeto Cineclube Jacareí existe desde 2007. Com cinco anos de existência, tem uma missão nesta cidade. O dever de repartir com as pessoas o desejo de ver, informar-se e aprender sobre filmes e o cinema.

O inovador projeto Cineclube Jacareí atinge esse ano mais de cento e oitenta sessões do "Cinema de 5ª". Mostrando filmes independentes de cineastas locais e do Brasil. Preparou e entregou mais de cinqüenta estatuetas nas edições do anual "Prêmio Corvo de Gesso". Além de ter produzido centenas de filmes através da "Corvo Produções".

O projeto Cineclube Jacareí é pioneiro na região do Vale do Paraíba. Único grupo de trabalho que realiza a tríplice função no movimento audiovisual: produzir, exibir e premiar os filmes amadores, independentes e feitos em casa. Continuaremos a desfrutar dessa arte.



29 de jul de 2012

172ª Exibição - 26 de julho de 2012


Na noite uma produção carregada de efeitos especiais. Outra, o trocadilho usando o homem e o macaco para contar a história da desgraça humana de cabo a rabo. Nihilum e Planeta dos Macacos foram os filmes escolhidos para essa sessão.

Nihilum é um filme de conceito na idéia e nebuloso na confecção. Uma recriação mitológica encoberta pelos recursos de computação gráfica. Na história, uma jovem é tentada a se corromper e aceitar o mal para proliferá-lo na tribo onde vive. O filme foi avaliado como imaturo ao substituir a história por efeitos especiais o que o torna lento e embaralhado na condução narrativa.

O sucesso de O Planeta dos Macacos (Planet of the Apes), de 1968, brilha até hoje por ser a primeira adaptação de uma história sobre nós, criaturas mal educadas, escrita por Pierre Boulle em 1963 de mesmo título. Uma síntese social da miséria do nosso pensamento religioso e político nos últimos séculos.

As reflexões no debate foram parecidas e apontavam para o nosso instinto de perversão e domínio feitos pelos métodos legais, governamentais e científicos. A cara de pau e o oportunismo dos que se apoderam do poder para garantir benefícios particulares. E a maquiagem de macaco no elenco que mereceu o Oscar de 1969.

Abençoado pelos deuses do cinema, o vale pizza dessa semana saiu para Sergio Gomes. Que pode retirá-la na pizzaria do Xico Pizza ou comer lá mesmo. Sirva-se!