Destaque CCJ

10º PRÊMIO CINECLUBE JACAREÍ - CORVO DE GESSO 2017



FINAL DAS INSCRIÇÕES: 20 DE JULHO DE 2017

FAÇA SUA INSCRIÇÃO CLICANDO NOS LINKS ABAIXO:

FICHA DE INSCRIÇÃO (Clique Aqui)

REGULAMENTO (Clique Aqui)


-CURTA E SIGA O CINECLUBE JACAREÍ E CORVO DE GESSO NAS REDES SOCIAIS:

https://www.facebook.com/CineclubeJacarei/

https://www.facebook.com/CorvoDeGesso/

https://www.youtube.com/user/cineclubejacarei


-Saiba sobre o Cineclube Jacareí

cineclubejacarei@gmail.com

O projeto Cineclube Jacareí existe desde 2007. Com cinco anos de existência, tem uma missão nesta cidade. O dever de repartir com as pessoas o desejo de ver, informar-se e aprender sobre filmes e o cinema.

O inovador projeto Cineclube Jacareí atinge esse ano mais de cento e oitenta sessões do "Cinema de 5ª". Mostrando filmes independentes de cineastas locais e do Brasil. Preparou e entregou mais de cinqüenta estatuetas nas edições do anual "Prêmio Corvo de Gesso". Além de ter produzido centenas de filmes através da "Corvo Produções".

O projeto Cineclube Jacareí é pioneiro na região do Vale do Paraíba. Único grupo de trabalho que realiza a tríplice função no movimento audiovisual: produzir, exibir e premiar os filmes amadores, independentes e feitos em casa. Continuaremos a desfrutar dessa arte.



10 de set de 2009

Making of

Em cinema e televisão (e nos meios de produção audiovisual em geral), making of é um jargão para umdocumentário de bastidores que registra em imagem e som o processo de produção, realização e repercussão de um filme, novela, seriado ou produto audiovisual.

O termo é um anglicismo, "the making of", e traduz-se literalmente como "a feitura de", ou seja, o processo de fazer-se algo.

Os making of são comuns em casos de grandes produções da indústria cinematográfica (como Hollywood) visando ao sucesso comercial, os chamados "arrasa-quarteirões" ou blockbusters. Originalmente, eram apenas exibidos em programas de televisão especializados em entretenimento, principalmente nas TV por assinatura, mas hoje são incluídos como "extras" nas edições dos filmes em vídeo digital (DVD).

A ideia foi também aproveitada pela indústria fonográfica sendo possível encontrar álbuns ou DVD ao vivocom estes documentários de bastidores, mas também existem álbuns de estúdio que trazem uma faixamultimédia com este "extra".

No Brasil, o termo é muitas vezes grafado incorretamente como "making off", o que é um erro e não faz sentido em inglês.