Destaque CCJ

10º PRÊMIO CINECLUBE JACAREÍ - CORVO DE GESSO 2017



FINAL DAS INSCRIÇÕES: 20 DE JULHO DE 2017

FAÇA SUA INSCRIÇÃO CLICANDO NOS LINKS ABAIXO:

FICHA DE INSCRIÇÃO (Clique Aqui)

REGULAMENTO (Clique Aqui)


-CURTA E SIGA O CINECLUBE JACAREÍ E CORVO DE GESSO NAS REDES SOCIAIS:

https://www.facebook.com/CineclubeJacarei/

https://www.facebook.com/CorvoDeGesso/

https://www.youtube.com/user/cineclubejacarei


-Saiba sobre o Cineclube Jacareí

cineclubejacarei@gmail.com

O projeto Cineclube Jacareí existe desde 2007. Com cinco anos de existência, tem uma missão nesta cidade. O dever de repartir com as pessoas o desejo de ver, informar-se e aprender sobre filmes e o cinema.

O inovador projeto Cineclube Jacareí atinge esse ano mais de cento e oitenta sessões do "Cinema de 5ª". Mostrando filmes independentes de cineastas locais e do Brasil. Preparou e entregou mais de cinqüenta estatuetas nas edições do anual "Prêmio Corvo de Gesso". Além de ter produzido centenas de filmes através da "Corvo Produções".

O projeto Cineclube Jacareí é pioneiro na região do Vale do Paraíba. Único grupo de trabalho que realiza a tríplice função no movimento audiovisual: produzir, exibir e premiar os filmes amadores, independentes e feitos em casa. Continuaremos a desfrutar dessa arte.



24 de abr de 2009

Mostra Cinema de Bordas exibe filmes feitos por amadores em São Paulo


A mostra Cinema de Bordasexibe 17 filmes feitos por anônimos no Instituto Itaú Cultural em São Paulo, nos dias 22 a 26 de abril. A mostra selecionou produções caseiras, que apesar de precárias ou realizadas com equipamento rudimentar, demonstram um olhar criativo e o talento do realizador.Numa sociedade movida pela imagem, os filmes oriundos de diversos cantos do país são movidos pela paixão dos realizadores pelo cinema. As produções audiovisuais foram garimpadas por Bernadette Lyra e Gelson Santana, ambos pesquisadores da Escola de Comunicação e Artes (ECA)-USP, durante uma pesquisa de campo: "O resultado é uma performance cinematográfica autofágica, que beira, perigosa e corajosamente, a estética trash. Cheia de sons e fúria, improviso e espetáculo, déjá vu e bom humor, artesania e imagens em movimento", segundo os curadores. Como resultado quase natural do trabalho de pesquisa surgiu a mostraCinema de Bordas, com filmes de gêneros diversos como horror, policiais, ficção científica, kung-fu, aventuras de histórias em quadrinhos, faroestes e comédias.Na abertura do evento, na quarta-feira (22/04), às 20h, haverá uma palestra dos curadores sobre este tipo de produção e a exibição de dois curtas: Horror Capiau, do paulistano Dimitri Kozma, que mistura temas como o horror e o caipira e A Dama da Lagoa, uma história de crime e vingança, com roteiro e direção do lavrador mineiro Francisco Caldas de Abreu Jr.


Confira a programação da mostra Cinema de Bordas:


Dia 22/04 (quarta-feira)

20h - Horror Capiau, de Dimitri Kozma / A Dama da Lagoa , de Francisco Caldas de Abreu Jr. (antecedidos por palestra com os curadores Bernadette Lyra e Gelson Santana)


Dia 23/04 (quinta-feira)

17h - Insector Sun: O Guardião da Terra / A Hora da Verdade, de Chris Lee /Cocô Preto, de Marcos Bertoni / Era dos Mortos, de Rodrigo Brandão20h - O Assassinato da Mulher Mental, de Joel Caetano / A Capital dos Mortos, de Tiago BelottiDia


24/04 (sexta-feira)

17h - Aventuras de Um Caçador, de José Manoel / O Rico Pobre, de Manoel Loreno20h - O Soco Silencioso, de Lucas Moreira / Rambú IV: O Clone, de Júnior CastroDia


25/04 (sábado)

17h - Desaparecidos, de Antonio Marcos Ferreira / Zombio, de Petter Baiestorf


20h - A Valise Foi Trocada, de Simião MartinianoDia 26/04 (domingo)17h - O Farol, de Francisco Caldas de Abreu Jr. / Patrícia Gennice, de Felipe M. Guerra


20h - Mangue Negro, de Rodrigo Aragão


Cinema de BordasDe 22 a 26 de abril

Sala Itaú Cultural (247 lugares) Avenida Paulista, 149, Estação Brigadeiro do Metrô tel: (11)2168-1776/1777


Entrada franca