Destaque CCJ

10º PRÊMIO CINECLUBE JACAREÍ - CORVO DE GESSO 2017



FINAL DAS INSCRIÇÕES: 20 DE JULHO DE 2017

FAÇA SUA INSCRIÇÃO CLICANDO NOS LINKS ABAIXO:

FICHA DE INSCRIÇÃO (Clique Aqui)

REGULAMENTO (Clique Aqui)


-CURTA E SIGA O CINECLUBE JACAREÍ E CORVO DE GESSO NAS REDES SOCIAIS:

https://www.facebook.com/CineclubeJacarei/

https://www.facebook.com/CorvoDeGesso/

https://www.youtube.com/user/cineclubejacarei


-Saiba sobre o Cineclube Jacareí

cineclubejacarei@gmail.com

O projeto Cineclube Jacareí existe desde 2007. Com cinco anos de existência, tem uma missão nesta cidade. O dever de repartir com as pessoas o desejo de ver, informar-se e aprender sobre filmes e o cinema.

O inovador projeto Cineclube Jacareí atinge esse ano mais de cento e oitenta sessões do "Cinema de 5ª". Mostrando filmes independentes de cineastas locais e do Brasil. Preparou e entregou mais de cinqüenta estatuetas nas edições do anual "Prêmio Corvo de Gesso". Além de ter produzido centenas de filmes através da "Corvo Produções".

O projeto Cineclube Jacareí é pioneiro na região do Vale do Paraíba. Único grupo de trabalho que realiza a tríplice função no movimento audiovisual: produzir, exibir e premiar os filmes amadores, independentes e feitos em casa. Continuaremos a desfrutar dessa arte.



21 de nov de 2008

44ª Exibição - Mês do Terror (30/10/08)

Curta
"Um Pânico Muito Louco": - Dir. Vinícius J. Santos - Comédia - BRA - 2008.
Sinópse: Veja o que acontece se você chama um Pânico de "emo" ...



"Em Busca do Zé do Caixão" - Dir. Vinícius J. Santos - Documentário - BRA - 2008.
Sinópse: Veja a jornada do Cineclube Jacareí em busca do mestre do terror trash brasileiro..."Zé do Caixão".

Parte 1



Longa
Sessão Diretores
"O Estranho Mundo de Zé do Caixão" – Dir. José Mojica Marins – Terror / 14 anos - BRA - 1968. (80 min)
Sinópse: Zé do Caixão desafia sua filosofia doentia e introduz três contos de horror. Em ?O Fabricante de Bonecas?, marginais invadem a casa de um velhinho e descobre o segredo da confecção de suas bonecas, cujo principal detalhe são os olhos realistas. Em ?Tara?, um belo exercício de ?terror poético?, narrado totalmente sem diálogos, um pobre vendedor de balões fica obcecado por uma garota que ele segue pelas ruas, só conseguindo possuí-la após sua morte. Em ?Ideologia?, o excêntrico Professor Oaxiac Odéz (tente ler de trás para frente!) enfrenta um rival e tenta provar que o instinto prevalece sobre a razão, com fortes doses de canibalismo e sadomasoquismo. Mojica compôs também a canção-título, interpretada por Edson Lopes e Titulares do Ritmo.