Destaque CCJ

10º PRÊMIO CINECLUBE JACAREÍ - CORVO DE GESSO 2017



FINAL DAS INSCRIÇÕES: 20 DE JULHO DE 2017

FAÇA SUA INSCRIÇÃO CLICANDO NOS LINKS ABAIXO:

FICHA DE INSCRIÇÃO (Clique Aqui)

REGULAMENTO (Clique Aqui)


-CURTA E SIGA O CINECLUBE JACAREÍ E CORVO DE GESSO NAS REDES SOCIAIS:

https://www.facebook.com/CineclubeJacarei/

https://www.facebook.com/CorvoDeGesso/

https://www.youtube.com/user/cineclubejacarei


-Saiba sobre o Cineclube Jacareí

cineclubejacarei@gmail.com

O projeto Cineclube Jacareí existe desde 2007. Com cinco anos de existência, tem uma missão nesta cidade. O dever de repartir com as pessoas o desejo de ver, informar-se e aprender sobre filmes e o cinema.

O inovador projeto Cineclube Jacareí atinge esse ano mais de cento e oitenta sessões do "Cinema de 5ª". Mostrando filmes independentes de cineastas locais e do Brasil. Preparou e entregou mais de cinqüenta estatuetas nas edições do anual "Prêmio Corvo de Gesso". Além de ter produzido centenas de filmes através da "Corvo Produções".

O projeto Cineclube Jacareí é pioneiro na região do Vale do Paraíba. Único grupo de trabalho que realiza a tríplice função no movimento audiovisual: produzir, exibir e premiar os filmes amadores, independentes e feitos em casa. Continuaremos a desfrutar dessa arte.



21 de mai de 2008

Joca Faria entrevista Adriano de Oliveira Pinheiro (Março/2008)



1. Quem é você?


R: Sou Adriano de Oliveira Pinheiro, publicitário, funcionário público, presidente do Cineclube Jacareí e representante da Comissão de Audivisual (nomeado dentro do forum cultural realizado com os artistas, juntamente com membros da Fundação Cultural Jacarehy em maio/07).

2. Porque lidar com cinema?


R: O cinema é uma das artes mais apreciadas no mundo (juntamente com a música), pois ela é mais acessível aos sentidos do telespectador; e hoje em dia, devido a evolução tecnológica, também é muito prática, sendo que está em vários formatos como por exemplo em VHS, DVD, TV e INTERNET.

3. Como é a cena cultural de Jacareí?

R: É muito rica. Jacareí tem fama de ser conhecida como "Cidade dos Músicos", por ter revelado para o Brasil e o mundo muitos expoentes musicais (José Maria de Abreu/Jota Domingues/Cry Babies/Jaime Alem/Nair Cândia/Carlos Rocha/Jorjão Carvalho/ Jurim Moreira e muitos outros). O teatro daqui é um dos melhores (se não for o melhor) da região, pois o movimento nesta area é muito intenso, sendo que existem uns 15 grupos em atividade, trabalhando mesmo (Campinas não tem essa quantidade de grupos). Literatura sempre é incluso no mapa cultural do estado (fase final da amostra) em alguma categoria ... que eu me lembre estes são nossos pontos mais fortes. Mas como é na maioria de todos os lugares do Brasil, a cultura não se tem o apoio devido das autoridades (tanto políticas como empresariais) e portanto dentro de nossa cidade temos dificuldade de expor as nossas principais expressões artísticas, e tendo como consequência o exodo para outros locais que deêm mais atenção e oportunidades.

4. Como vê o acesso barato à tecnologia digital?

R: Excelente! Analisando pelo ponto de vista de minha atividade artística, hoje qualquer pessoa que se interesse pela produção de Audiovisual pode fazer vídeos (caseiros) fantásticos com câmeras digitais portáteis ou até mesmo com câmeras de celulares! No Youtube (site de vídeos) está cheio destes tipos de trabalhos.

5. Porque não fazer nascer um longa metragem?

R: Acho que o pessoal da Comissão de Audiovisual está começando passo a passo, a desenvolver as técnicas necessárias para mais tarde se fazer um longa. Está muito cedo ainda. Por isso, optamos em fazer curtas, pois não precisa de grande tempo disponível, dinheiro, recursos, muito adornos de conteúdo, e o trabalho sai mais à contento dentro de nossas condições.

6. Como lida com a cultura pública através da Fundação de Jacarei?

R: É complicado quando se trata de parceirias com o poder público ... é difícil de equalizar os interesses nesse caso. Nunca tem verba para nos ajudar, tem certos impecílios para viabilizar os nossos trabalhos por parte deles, mas a gente vai se conversando .... eu como presidente do Cineclube Jacarei e representante da Comissão de Audiovisual e o resto dos integrantes, pensamos em sempre executarmos nossos trabalhos independente disso. E acho que nós estamos indo muito bem!

7. Qual o papel da Arte nesta contemporaneidade?

R: Educadora, apaziguadora e evolucionista para toda a humanidade.

8. O que há de novo no cinema nacional e internacional?

R: Acho que tanto no cinema nacional como no internacional tem um ponto em comum nisso, que é a globalização. A globalização viabilizou para todos os lugares do mundo acesso, não só em termos tecnológico para se realizar um filme, mas um padrão de linguagem universal para se desenvolver essa arte. Por exemplo: o filme "Cidade de Deus" está tão distante da linguagem cinematográfica dos grandes filmes norte-americanos ou europeus? ... Não ficou devendo nada para ninguém e por isso foi tão aclamado internacionalmente. O cinema iraniano? ... Suas produções estão sendo enormemente reconhecidas! Os filmes de Terror Asiático? ... E uma febre mundial, pois eles são muito originais (talvez para o Ocidente), e sempre Hollywood está fazendo um "remake" desta linha de filmes ...

9. Como lida com outras artes?

R: As outras artes ... bem eu sou cantor e compositor nas horas vagas ... e acho que, como já disse, é difícil de lidar com qualquer tipo de arte no Brasil. Nunca a gente é reconhecido e valorizado como se deve ser. Então, devido a isso, é que eu estou gostando de atuar na arte do Audiovisual, porque acho que o cinema pode englobar todas as artes num mesmo ponto.

10. O social na cultura? Não é populismo?

R: Depende. Se levar pelo lado artístico e esportivo (um filantropismo sincero), penso que é superviável. Agora, se levar pelo lado político e de status pessoal, aí a coisa pode ficar feia! Porque se misturar esses interesses pode não se legitimar a expressão social no que tange ao desenvolvimento verdadeiro da sociedade em questão.

11. Politica para que serve?

R: Serve, não só para viabilizar, como para administrar o que o povo não administra. Mas, hoje estamos vendo que esses lances não estão acontecendo, gerando todo esse caos social que vivemos atualmente ...

12. Considerações finais

R: O Cineclube Jacareí e a Comissão de Audiovisual está de portas abertas para todas as pessoas interessadas em mostrar suas aptidões nesta área (filmagens e produções de vídeos). Quem já tiver feito trabalho em formato documentais ou ficções (curtas ou longas mentragens), entrem em contato com a gente! Para os cinéfilos que quiserem informações da programação do "Cineclube Jacareí" acesse:



Obrigado pela oportunidade e a chance de divulgarmos o nosso trabalho para vocês! Forte Abraço!